NOTÍCIAS

Moradores de Barra Longa recebem a nova Praça Manoel Lino Mol

30/10/2016

imagem-barra-longa

 

A cidade de Barra Longa, uma das mais impactadas pelo rompimento da barragem de Fundão, recebeu de volta, no dia 30 de outubro, o seu principal ponto de convivência. A Samarco entregou à comunidade a Praça Manoel Lino Mol, que estava interditada desde 6 de novembro de 2015, quando os rejeitos de Fundão chegaram à cidade. A entrega da Praça é uma das etapas da reconstrução da cidade, que tem conclusão prevista para 2017.

Para reconstruir a Praça de acordo com os anseios da comunidade de Barra Longa, a Samarco fez reuniões abertas entre fevereiro e março para colher as opiniões de crianças, jovens, adultos e idosos. Cerca de 200 pessoas participaram desse processo.

Assista como foi a construção da Praça no vídeo abaixo:

 

“A entrega da Praça Manoel Lino Mol não é um motivo para comemorarmos. Estamos cumprindo com os compromissos assumidos de devolver a cidade de Barra Longa à sua tranquilidade”, afirma o diretor-presidente da Samarco, Roberto Carvalho. “Sabemos que ainda há muita coisa para ser feita, como parque de exposições, conclusão de reformas de imóveis e quintais. Caberá, a partir de agora, à Fundação Renova dar continuidade às demais ações de reparação e reforma de Barra Longa.”

No dia 26 de junho, a proposta da nova praça foi apresentada aos moradores. O projeto arquitetônico manteve a identidade da cidade, ao mesmo tempo em que houve melhorias de infraestrutura e paisagismo, além da instalação de um parquinho infantil e academia ao ar livre. Foram construídas novas redes de drenagem pluvial, implantada moderna pavimentação das calçadas e recuperada a rede elétrica. A iluminação pública será proporcionada por 61 luminárias de LED instaladas na Praça e na Alameda Beira Rio.

Por meio do plano de consulta popular “A Praça que queremos”, que envolveu crianças, jovens, adultos e idosos, comerciantes locais e o poder público, a comunidade pôde manifestar o desejo de que o projeto arquitetônico preservasse a identidade da Praça e que contasse com equipamentos para promover a interação de pessoas de diferentes faixas etárias, além de possuir espaço para a prática de exercícios físicos e um ambiente com elementos da natureza.  O resultado foi um projeto que proporciona o contato humano, com adaptações de acessibilidade.

DEQUE E ALAMEDA

A nova Praça recebeu mais de 100 árvores, mudas de plantas ornamentais, iluminação de LED, bancos e um deck  de 812 metros quadrados, em ecoblock que imita madeira, próximo à margem do Rio do Carmo. O deque recebeu um guarda-corpo e está protegido da erosão por uma parede de rochas (enrocamento) disposta na margem do rio. O entorno do deque tem 316 metros quadrados de passeios em blocos intertravados vermelhos, enquanto o jardim tem 300 metros quadrados. Foram plantados mil agapantos nesse espaço. A Alameda Beira Rio foi inteiramente pavimentada com blocos compostos parcialmente por rejeito e recebeu equipamentos como academia ao ar livre, parque infantil e pista de caminhada.

Toda a área de convivência da Praça e do deque ganha o reforço da Alameda Beira Rio, que também foi impactada pelos rejeitos de mineração. A Beira Rio recebeu pista de caminhada, parque infantil e uma academia ao ar livre.

VIDA NOVA

Barra Longa tem 90% das obras de reconstrução e reparação concluídas pela Samarco, em um processo que envolveu muito diálogo e participação da comunidade local. As obras de infraestrutura englobaram a reconstrução e reparação de estruturas como ruas, estradas, pontes, escolas, redes de água e elétrica. Foram 4 mil m² de asfalto refeitos na rodovia Edmundo Costa Lana e em trechos da MG-326, e aproximadamente 14 mil metros quadrados de calçamento dentro do município.

Facebook Twitter Google+