NOTÍCIAS

Moradores de Mariana e Barra Longa participarão de simulado de emergência

08/11/2016

sirene-simulado

Confira, na íntegra, o release da Assessoria de Comunicação da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Minas Gerais sobre o simulado de emergência que será realizado em comunidades de Mariana e Barra Longa:

 

Moradores de Mariana e Barra Longa participarão de exercícios para autoproteção em caso de rompimento de barragens

Moradores de diversas comunidades dos municípios de Mariana e Barra Longa participarão, nos próximos dias 8 e 9 de novembro de 2016, de exercícios simulados sobre procedimentos a serem adotados em caso de ocorrência de desastres.

A ação contará com a participação de diversos atores do Sistema Estadual de Proteção e Defesa Civil, entre eles representantes de outros municípios com fatores de risco semelhantes aos de Mariana e Barra Longa, além da empresa Samarco e outras empresas também atuantes na área de mineração, tudo com o objetivo de compartilhar conhecimentos e experiências, em um processo continuado de preparação. Nesse sentido, a atividade é mais uma etapa da qualificação contínua dos responsáveis pelas ações de proteção e defesa civil nos municípios e da própria comunidade. O objetivo é o fortalecimento da resiliência das comunidades e do protagonismo local e comunitário, dando sequência aos exercícios já realizados no mês de março deste ano.

Considerando o diagnóstico de riscos nos municípios participantes, os treinamentos serão realizados com foco na atuação em caso de rompimento de barragens, uma vez que ambas as cidades possuem residentes em áreas situadas no entorno de empreendimentos de mineração. Na oportunidade, serão colocadas em prática as diretrizes previstas no Plano de Ação Emergencial e no Plano de Contingência, elaborados pela empresa de mineração e pelos municípios de Mariana e Barra Longa, respectivamente. Esses planos são de elaboração obrigatória, segundo a legislação vigente, e são importantes instrumentos para a redução do risco e dos danos humanos em caso de desastres, sendo fundamental o envolvimento da comunidade local para que tenham efetividade.

Os exercícios serão coordenados por um Gabinete de Comando Integrado, com participação de diversos atores, seguindo a metodologia de Sistema de Comando de Operação (SCO), valorizando o compartilhamento de conhecimentos, experiências e recursos, seguindo as melhores práticas nacionais e internacionais em gestão de desastre. Confira a relação de entidades participantes:

tabela

As atividades serão realizadas no dia 8, na cidade de Mariana, e no dia 9, na cidade de Barra Longa. Em ambos os dias, terão início às 5 horas da tarde, quando serão simuladas a atuação dos órgãos do sistema de proteção e defesa civil e a conduta dos residentes nas comunidades potencialmente impactadas após um possível rompimento de uma barragem, ocasião em que será testado também o sistema de alerta aperfeiçoado após o acidente ocorrido em 5 de novembro de 2015.

Os exercícios são o resultado de um longo planejamento e preparação, que contaram com o envolvimento de órgãos públicos, do setor privado e da comunidade, seguindo a premissa de integração de esforços, inafastável do contexto da proteção e defesa civil. O objetivo é que ações semelhantes sejam cada vez mais frequentes, principalmente com o protagonismo local, fortalecendo a integração entre o poder público e a sociedade civil para a construção de cidades mais resilientes.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Minas Gerais

 

 

Facebook Twitter Google+