Notícias

Com operações paralisadas, período de layoff é estendido

06/07/2017

imagem-noticia-layoff-SAMARCO

Em abril deste ano, a Samarco firmou um acordo coletivo com os sindicatos Metabase (MG) e Sindimetal (ES) para suspensão temporária dos contratos de trabalho (layoff). A decisão foi aprovada pelos empregados em assembleia e entendida como a melhor opção para manutenção dos postos de trabalho.

Inicialmente, os contratos de cerca de 800 empregados seriam suspensos por dois meses a partir de 1º de junho, passível de prorrogação. Conforme previsto no acordo firmado, e diante da incerteza em relação à data da retomada das operações, o layoff será prorrogado por mais três meses (até 31/10).

Os empregados com os contratos suspensos recebem uma bolsa do Fundo de Amparo ao Trabalho (FAT) e cursos de qualificação profissional. A Samarco complementa o valor da bolsa, mantendo o rendimento líquido e todos os benefícios atuais dos empregados, como vale alimentação e plano de saúde.

Como parte do esforço da empresa para manter seu quadro de pessoal, após 1 ano e oito meses sem atividades operacionais, a Samarco já adotou as seguintes medidas previstas em lei:

  • Licença remunerada (10/11/2015 a 29/11/15)
  • Férias coletivas (30/11/15 a 29/12/15)
  • 2º período de Licença remunerada (4/1/16 a 10/1/16)
  • Layoff (25/1/16 a 25/6/16)
  • Layoff (1/6/17 a 31/10/17)