Pelotas, Pátio de Estocagem de Ubu - 2014

Pelotas, Pátio de Estocagem de Ubu - 2014

Governança Corporativa

A Governança Corporativa da Samarco é o sistema pelo qual a empresa é dirigida, monitorada e incentivada, envolvendo os relacionamentos entre os acionistas, conselho de administração, diretoria, órgãos de fiscalização e controle e outros stakeholders, baseados nos princípios de equidade, transparência e responsabilidade com as informações.

A estrutura da Governança Corporativa da Samarco é formada pelos seus acionistas BHP Billiton  Brasil Ltda. e Vale S.A. (com 50% de participação acionária cada); um Conselho de Administração; comitês de assessoramento; diretoria executiva; auditores internos; e auditoria independente externa. Essa estrutura permite aos acionistas um monitoramento eficaz dos resultados da Samarco, garantia de atendimento a leis e regulamentos, e alinhamento dos valores, objetivos e estratégias da Empresa.

 

Conselho de Administração

 

O Conselho de Administração é um órgão deliberativo colegiado que conduz a Empresa, tendo suas principais responsabilidades estabelecidas no Estatuto Social da Samarco.

O Conselho de Administração é composto por 8 (oito) membros indicados pelos acionistas, quatro dos quais efetivos e quatro suplentes, para um mandato de 3 (tres) anos, podendo ser reeleitos.

 

Diretoria Executiva da Samarco

 

Rodrigo Alvarenga Vilela

Diretor Presidente (CEO)

 

Cristina Morgan Cavalcanti

Diretora Financeira (CFO)

 

Najla Ribeiro Nazar Lamounier

Diretoria Jurídica, Riscos e Conformidade

 

Comitês de Assessoramento

 

Os Comitês são responsáveis por fornecer recomendações sobre assuntos que exijam tomadas de decisão por parte do Conselho de Administração (com atribuições específicas e para mandatos limitados, renováveis). Os comitês serão compostos por pessoas, nomeadas pelo Conselho de Administração (não necessariamente membros do Conselho de Administração) sem cargos ou funções executivas na Samarco.