Notícias

Conheça a EcoMud e sua solução de pavimentação baseada no aproveitamento de rejeito

03/10/2019

IMG_ECOMUD_SITE

Dando continuidade à série de conteúdos sobre o Desafio MinerALL e suas startups, a EcoMud surgiu com o desafio de buscar uma solução para um problema logístico comum a mineradoras e municípios: a má qualidade das estradas e o custo elevado do asfalto, bem como a baixa durabilidade de alguns de seus substitutos. A partir do aproveitamento de rejeitos da mineração, a startup desenvolveu um pavimento de baixo custo, altamente resistente, capaz de preservar o aspecto natural do solo.

A EcoMud é formada por três membros: Vitor Hugo, graduando em Administração pela Universidade FUMEC, estudante de MBA no Business Behavior Institute e diretor Executivo da startup; Camila Santos, estudante de Engenharia Geológica na Universidade de Ouro Preto (UFOP) e diretora Financeira; e Thacio Carvalho, diretor Técnico e graduando em Engenharia Civil na mesma instituição de ensino. Cabe ressaltar que a EcoMud é a equipe vencedora da Fase 1 do Desafio MinerALL, concluída em dezembro de 2018.

Assim como as demais startups que participam dessa edição do Desafio MinerALL, a EcoMud encontrou na lama, classificada como resíduo Classe II B, inerte e não perigoso, a matéria-prima para o desenvolvimento de sua solução.

De acordo com Vitor Hugo, por ser altamente resistente e capaz de preservar o aspecto natural do solo, o produto, formado por lama e um aglomerante, pode ser utilizado em condomínios e outros ambientes. “Com nosso produto, podemos ainda contribuir com a infraestrutura e a qualidade de vida das comunidades que sofrem com as péssimas condições das estradas vicinais”, destaca.

A equipe EcoMud celebra a experiência de participar da Fase 2 do Desafio MinerALL, especialmente no que diz respeito à evolução pessoal e profissional dos participantes. “O programa tem colaborado para o desenvolvimento de competências que hoje são requisitadas pelo mercado, como a resiliência e a criatividade”, afirma Vitor Hugo. Segundo ele, o apoio da Samarco em questões técnicas, legais e relacionadas ao negócio tem sido fundamental.

Desafio MinerALL

O projeto de inovação aberta Desafio MinerALL é liderado pela Samarco, pela aceleradora corporativa Neo Ventures e pelo Escalab, centro de escalonamento de tecnologias. Conta com o apoio da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), do Centro de Desenvolvimento da Tecnologia Nuclear (CDTN) e do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia (INCT Midas).

Nas próximas semanas, conheça mais sobre as outras startups que fazem parte da primeira edição do Desafio MinerALL.

Aproveite para saber mais também sobre a Element [Si], a primeira startup da série, entender as diferenças entre o Desafio MinerALL e o Mining Hub e conhecer as alternativas desenvolvidas pela Samarco para o aproveitamento dos rejeitos oriundos do beneficiamento do minério de ferro.