Notícias

Element [Si] participa do Desafio MinerALL com produto para produção de ferroligas

30/09/2019

ELEMENT_SITE

Transformar tecnologias de aproveitamento de rejeitos em empreendimentos é o objetivo das startups participantes do Desafio MinerALL, projeto de inovação aberta liderado pela Samarco, pela aceleradora corporativa Neo Ventures e pelo Escalab, centro de escalonamento de tecnologias. Entre as finalistas está a Element [Si], cuja trajetória dará início a uma série dedicada a apresentar as quatro startups que estão sendo criadas a partir do Desafio MinerALL.

A Element [Si] é uma startup de hard science que desenvolve briquetes destinados à produção de ferroligas, com o objetivo de mitigar os impactos ambientais da mineração com o aproveitamento de rejeito arenoso gerado no beneficiamento de minério de ferro.

A empresa é formada pelo estudante Gabriel Saleh, graduando em Administração pela Fundação Getúlio Vargas (IBS/FGV), com especialização EaD em empreendedorismo na Wharton University, responsável pela parte gerencial da startup; e pelos jovens recém-graduados Anna Laura, Rafael Pedrosa e Raíssa Basílio. Formado em Engenharia de Controle e Automação pela Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), Rafael Pedrosa cuida da parte operacional e desenvolvimento do produto. Anna Laura, graduada em Ciências Contábeis pela Universidade Federal de Viçosa (UFV) e Engenharia de Produção pela UFOP, é responsável pela parte financeira; enquanto Raíssa, engenheira ambiental pela UFOP, atua na comunicação da empresa.

“Nossa solução começou a ser desenvolvida quando percebemos que podíamos aliar a questão do aproveitamento do rejeito da mineração com o desafio de reduzir o consumo energético na produção de ferroligas, que é um dos setores com maior superávit da economia brasileira”.

De acordo com Gabriel, o produto da Element [Si] é direcionado para empresas de médio e grande portes que atuam na área de ferroligas. Além de aproveitar o rejeito arenoso da mineração de ferro, classificado como inerte e não perigoso, proporciona uma eficiência energética maior que outras alternativas convencionais.

“Aliado à essa economia, a utilização do rejeito arenoso nos permite atingir uma composição química adequada, de forma que nosso produto seja a única matéria-prima necessária para alimentar os fornos. Hoje isso é feito com dois materiais diferentes. Então, além da economia com energia, deve ser levada em conta a economia logística e material”, destaca o fundador da startup. A Element [Si] está realizando testes laboratoriais e a expectativa é de que, nos próximos meses, comecem os testes industriais.

Ele destaca que o apoio da Samarco tem sido fundamental para a evolução da startup. “A idealização do Desafio MinerALL foi uma atitude muito interessante por parte da empresa. Desde o início do programa, contamos com treinamentos, mentorias e suporte técnico de profissionais que trabalham na empresa e são referências em suas áreas”, afirma.

“Para o futuro queremos continuar desenvolvendo produtos que atuem de forma ambientalmente sustentável, mas que também promovam benefícios ao serem utilizados. Nascemos dentro de uma das principais instituições de ensino do país (UFOP) e acreditamos muito no poder da inovação, da pesquisa e do desenvolvimento. Isso nos leva a tecer uma relação bem próxima ao corpo acadêmico e à população da região. É dessa forma que queremos consolidar a empresa: sendo pioneiros na utilização de rejeitos da mineração para solucionar dores de mercados existentes”, conclui Gabriel.

Desafio MinerALL

O projeto de inovação aberta Desafio MinerALL é liderado pela Samarco, pela aceleradora corporativa Neo Ventures e pelo Escalab, centro de escalonamento de tecnologias. Conta com o apoio da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), da Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop), do Centro de Desenvolvimento da Tecnologia Nuclear (CDTN) e do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia (INCT Midas).

Nas próximas semanas, conheça mais sobre outras startups que fazem parte da primeira edição do Desafio MinerALL. Entenda também as diferenças entre o Desafio MinerALL e o Mining Hub e conheça as alternativas desenvolvidas pela Samarco para o aproveitamento dos rejeitos oriundos do beneficiamento do minério de ferro.