Notícias

Moradores de distritos de Mariana participam de simulado de emergência

04/09/2018

simulado_site

No sábado (1/9), as comunidades de Bento Rodrigues, Camargos e Ponte do Gama participaram do simulado de emergência realizado pelas Defesas Civis Estadual e de Mariana, com o apoio da Samarco. O simulado integra o Plano de Ações Emergenciais de Barragens de Mineração (PAEBM) da empresa e tem o objetivo de treinar as comunidades e os agentes públicos municipais sobre como proceder em uma situação de emergência. O exercício, que teve início às 8h, contou com a presença de cerca de 170 pessoas, entre moradores, organizadores e representantes de outras empresas que acompanharam.

Participaram, também, representantes da Guarda Municipal de Mariana, da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros, da Diretoria de Prevenção e Emergência Ambiental da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SEMAD) e da Fundação Renova.

Durante o simulado, as sirenes foram acionadas e os moradores se dirigiram a um ponto de encontro das comunidades.

Ao longo do mês de agosto, a Defesa Civil de Mariana, juntamente com a Samarco, realizou reuniões prévias com os moradores das comunidades para explicar como seria o simulado. Uma mobilização porta a porta também reforçou a divulgação.

Próximos simulados
Durante o mês de setembro, também serão realizados simulados em Barra Longa (18/09 – terça-feira) e nos distritos de Paracatu de Cima, Paracatu de Baixo, Pedras, Borba, Campinas, Barreto e Gesteira (22/09 – sábado).

Monitoramento
As barragens da Samarco estão estáveis e são monitoradas 24 horas por dia, sete dias da semana. Relatórios sobre as condições dessas estruturas são remetidos periodicamente aos órgãos competentes. Uma equipe técnica especializada e mais de 600 equipamentos, dentre eles radares, acelerômetros, estações robóticas, inclinômetros e drones integram o Centro de Monitoramento e Inspeção (CMI) da empresa.

 

Simulado em Ponte do Gama - Credito Gustavo Rabelo

Simulado em Ponte do Gama – Crédito Gustavo Rabelo