Contraste
Acessibilidades Acessibilidade
1 Conteúdo
2 Menu
3 Rodapé

Sobre

Somos uma mineradora brasileira e possuímos uma cadeia produtiva integrada em Minas Gerais e no Espírito Santo. Nosso principal produto são as pelotas de minério de ferro, matéria-prima para produção de aço pela indústria siderúrgica.

Veja mais

Fornecedores

Nossos fornecedores contribuem diretamente com a nossa jornada rumo a uma mineração diferente ao agregar valor às nossas operações. Conheça o compromisso da Samarco com os fornecedores envolvidos na nossa cadeia de valor.

Veja mais

Relações com Investidores

Veja mais

Imprensa

Jornalista, aqui você encontra todas as publicações relacionadas à Samarco. Entre em contato conosco para outras informações.

Veja mais

Contato

O Fale Conosco é um canal de atendimento mais próximo das comunidades. Você pode enviar dúvidas, fazer sugestões, reclamações ou elogios.

Veja mais

Oportunidades

Veja mais

Direitos Humanos
Um compromisso Samarco

Para nós, o respeito às pessoas é um valor inegociável e a premissa que guia nossas atitudes e nosso trabalho. Por meio de sua Politica de Direitos Humanos, a Samarco reafirma sua responsabilidade moral e ética em aprimorar suas práticas de gestão e promover os direitos humanos na organização.

Uma de nossas prioridades é a prevenção e o combate a todos os tipos de assédio. Assédio é crime e repudiamos qualquer comportamento ou fala que firam a integridade física e emocional.

Aqui todos devem ser vistos, ouvidos e respeitados em sua individualidade. Só assim, vamos evoluir como empresa, como sociedade e, principalmente, como seres humanos.

Assédio no Brasil

Quase 23%

das vítimas disseram ter sofrido violência e assédio no trabalho*

17,9%

das pessoas disseram sofrer violência psicológica em sua vida profissional*

6,3%

das pessoas relataram que sofreram assédio sexual no trabalho*

11,9 milhões

de mulheres ouviram comentários desrespeitosos no trabalho em 2022**

46,7%

das brasileiras foram assediadas em 2022**

1 mulher por hora

foi assediada no trabalho em 2022**

*Segundo o estudo "Experiências de violência e assédio no trabalho: Primeira pesquisa mundial" da Organização Internacional do Trabalho (OIT)
**Segundo o estudo “Visível e invisível: a vitimização de mulheres no Brasil”, do Fórum Brasileiro de Segurança Pública

O que é assédio?

É a exposição de uma pessoa a situações humilhantes e constrangedoras, repetitivas e prolongadas. Acontece de forma INTENCIONAL, REGULAR e contra ALGUÉM ou um GRUPO de pessoas.

O assédio é qualquer ação ou abordagem que cause constrangimento ou intimidação. Pode acontecer por meio de perseguições, declarações, insistências, dentre outras formas de importunação. O assédio pode ser psicológico ou físico, sendo categorizado como sexual ou moral.

O assédio pode ser psicológico ou físico, sendo categorizado como sexual ou moral.

Tipos de Assédio

Assédio Moral

Assédio Moral

O assédio moral consiste na violação da dignidade ou integridade psíquica ou física de outra pessoa por meio de conduta abusiva. Manifesta-se por meio de gestos, palavras (orais ou escritas), comportamentos ou atitudes que exponham o(a) empregado(a), individualmente ou em grupo, a situações humilhantes e constrangedoras, degradando o clima de trabalho e muitas vezes impactando a estabilidade emocional e física da vítima.

O assédio moral no ambiente de trabalho expõe as pessoas as situações de humilhação, constrangimento, intimidação, agressividade, menosprezo, causando-lhes sofrimento psíquico ou físico, interferindo negativamente tanto na sua vida pessoal quanto na sua vida profissional. O assédio moral pode ocorrer entre colegas, no mesmo nível hierárquico, e entre chefe e subordinado(a). Pode ser de forma direta, com gestos ou insultos, por exemplo; ou indireta, com isolamento social ou espalhando boatos.

Qualquer conduta sistemática que cause constrangimento ou vergonha.

Assédio Virtual

Assédio Virtual

Nem sempre o assédio acontece presencialmente. O virtual ou cyberbullying, que utiliza redes sociais e outros meios digitais para ridicularizar, discriminar ou caluniar uma pessoa ou empresa, apresentando o risco de que as informações falsas cheguem a muita gente pela característica própria do meio eletrônico; e o stalker, que é um tipo de perseguição que pode ser virtual ou presencial e que consiste da invasão da intimidade da vítima, ameaçando sua integridade física e emocional. Todos eles já são reconhecidos como crimes pela legislação brasileira.

Usar os meios digitais de comunicação para cometer o assédio.

Assédio Sexual

O assédio sexual é crime e não deve ser tolerado. É definido por lei como o ato de constranger alguém, com o intuito de obter vantagem ou favorecimento sexual, prevalecendo-se o agente da sua condição de superior hierárquico ou ascendência inerentes ao exercício de emprego, cargo ou função. (Código Penal, art. 216-A).

O assédio sexual é um comportamento ou atitude de teor íntimo e sexual, considerado desagradável, ofensivo e impertinente pela vítima.

Fazer insinuações ou propostas sexuais, frases ofensivas, contato físico não desejado, exibir material pornográfico e convites impertinentes; são alguns exemplos.

Se caracteriza pelo não consentimento da pessoa assediada.

Importunação sexual

Importunação sexual

A importunação sexual é crime previsto no Código Penal Brasileiro e significa qualquer prática de cunho sexual na presença de alguém realizada sem o consentimento da vítima. Caracterizam importunação sexual cantadas invasivas, beijos forçados, toques sem permissão, etc.

Toda e qualquer prática, sem consentimento, relacionada ao prazer sexual.

Brincadeira, elogio e assédio

Brincadeira, elogio e assédio

Brincadeiras ou cantadas que deixam uma pessoa desconfortável são consideradas assédio. Diferentemente das paqueras, que acontecem com consentimento de ambas as partes, o assédio gera constrangimento à vítima. Elogios sem conteúdo sexual e flertes correspondidos não são assédio.

Elogios não devem intimidar quem os recebe.

Como identificar o assédio

Como identificar o assédio

O assédio moral e sexual e todas as formas de discriminação constituem violação de direitos humanos e ameaçam a igualdade de oportunidades de trabalho. É importante entender que os conflitos fazem parte das relações humanas e de trabalho; por isso, nem toda situação de atrito ou discordância constitui assédio moral. Além disso, alguns atos são inerentes ao trabalho, e, quando são pontuais ou moderados, não configuram assédio moral.

Pode haver assédio sexual de homens contra mulheres, mulheres contra homens, homens contra homens e mulheres contra mulheres.

É preciso cuidar da forma como nos dirigimos às pessoas para não gerar constrangimento, medo e nem angústia.

Em situações que causam dúvida, é preciso sempre refletir:

Esse elogio foi prazeroso?

Elogios não devem causar intimidação ou vergonha. Se o elogio causar algum desconforto, pode ser considerado como assédio.

Qual é o tom do comentário que você está fazendo?

Comentários com duplo sentido, conotação sexual ou que causem incômodo não são tolerados. É importante ressaltar que, no caso de uma paquera, um dos principais pontos é o consentimento. Se as duas partes não estiverem de acordo, pode ser considerado como assédio.

Você se sentiu assediado(a)?

Uma das principais formas de avaliar se uma situação foi ou não assédio é questionando como você se sentiu com determinada fala, gesto ou atitude. Caso você tenha se sentido assediada, procure ajuda nos canais de acolhimento.

Qualquer brincadeira ou elogio é assédio?

Se a brincadeira ou o elogio forem respeitosos, não é assédio. Contudo, caso a pessoa se sinta constrangida ou desconfortável, pode ser considerado como assédio.

Paquerar é assédio?

Se houver consentimento de ambas as partes, a paquera não é assédio. Porém, a partir do momento que uma pessoa não quer, configura-se como assédio.

Nosso posicionamento

Para a Samarco, o respeito e a promoção dos Direitos Humanos é um compromisso diário e nós visamos adotar políticas para garanti-los. Assédio é crime e repudiamos qualquer comportamento ou fala que firam a integridade física e emocional.

Como relatar

A Samarco disponibiliza canais de escuta com imparcialidade e confidencialidade das informações relatadas. Caso a pessoa deseje, a denúncia pode ser feita de maneira anônima e você pode pedir para falar com um atendente do mesmo gênero que o seu caso se sinta mais à vontade. Os canais também podem ser usados para tirar dúvidas.

Canal de Ética para denúncias, acolhimento e dúvidas:

0800 377 8002 (ligação gratuita) Canal de Ética canaldeetica@samarco.com
Como relatar