RELAÇÕES SOCIAIS

Diálogo como ponto de partida

Nossos públicos são pessoas de diferentes setores, localidades, etnias, gêneros, idades e modos de pensar. Integram o poder público, empresariado, terceiro setor, grupos sociais e comunidades dos municípios vizinhos às nossas operações. Por meio da escuta ativa, procuramos entender e compreender como percebem os impactos negativos e positivos de nossas atividades, relacionando-os com suas necessidades, anseios e as expectativas, respeitando suas individualidades e buscando construir soluções para uma convivência harmoniosa.

Esse diálogo é nosso ponto de partida para um relacionamento próximo, transparente e que gere valor para todas as partes. E ele acontece continuamente por meio de nossos canais como a Central de Relacionamento, os programas de comunicação, os projetos mantidos e investimentos realizados na área de influência direta e as interlocuções com moradores das comunidades, representantes do poder público e entidades locais, parceiros de negócios, empregados e contratados.

Com uma postura respeitosa e de cooperação, estamos trabalhando para reconstruir as relações de confiança com a sociedade. Buscamos sinergia entre os interesses locais, as demandas coletivas pertinentes a cada região e a visão das autoridades competentes, pactuando uma agenda comum de desenvolvimento, que considere as responsabilidades, as limitações e o potencial da Samarco em contribuir para transformações sustentáveis nos territórios.

Investimentos e programas sociais

Incentivar a educação empreendedora e a participação social; fortalecer a formação de redes colaborativas e a qualificação de lideranças públicas e comunitárias; e potencializar o ambiente de negócios e a diversificação econômica nos municípios onde estamos inseridos: esses são os nossos principais objetivos com os investimentos e programas sociais que realizamos.

Alguns deles são derivados de obrigações e condicionantes estabelecidas por meio de escutas aos públicos envolvidos no processo de licenciamento ambiental de nossas operações. Outros são iniciativas voluntárias, visando estreitar o relacionamento com nossos públicos e contribuir de forma efetiva com o setor de mineração e com o desenvolvimento dos municípios de nossa área de influência.

Temos uma Política de Investimentos Sociais e Institucionais com diretrizes para a avaliação e destinação de recursos para projetos, patrocínios, doações e contribuições, em conformidade com nosso Código de Conduta e as melhores práticas de compliance.

2.11.39.21-Pelotas--008-

Contribuição para a economia

A Samarco é um importante catalisador do desenvolvimento econômico nos territórios onde atua e impactando positivamente as economias mineira e capixaba. Em 2015, último ano de operação da empresa, nossa receita equivalia a 1,5% do Produto Interno Bruto (PIB) de Minas Gerais e 6,4% do PIB do Espírito Santo.

A empresa gera tributos nos municípios onde estão suas unidades operacionais, que se destinam para investimentos em várias áreas, como por exemplo, em saúde, educação e infraestrutura. A arrecadação tributária ocorre na forma de Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM), no caso de Minas Gerais, do Imposto sobre Serviço (ISS) e da Cota Parte do Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviços (ICMS). Em 2015, os impostos gerados diretamente pelas nossas atividades correspondiam a 54% da receita de Mariana (MG), 35% da receita de Ouro Preto (MG) e 50% da receita de Anchieta (ES).

Além disso, a Samarco exerce forte papel na geração de emprego e renda, por meio de postos de trabalho próprios e em empresas contratadas, beneficiando também, de forma indireta, toda a cadeia produtiva. Atualmente, temos mais de 5 mil fornecedores ativos e, em 2018, o volume de compras foi de cerca de R$ 634 milhões. Em 2019, já sob influência dos processos de obras e preparação para a retomada operacional, o valor chegou a aproximadamente R$ 1,4 bilhão.

Com o retorno das atividades, voltaremos a contribuir com a economia dos municípios e dos estados de Minas Gerais e do Espírito Santo, além de ajudar a fomentar a balança comercial brasileira.

Escolha outro tópico para descobrir mais sobre a sustentabilidade na Samarco:

Inovação e
segurança

Meio
ambiente